HOME    AGENDA    COLUNAS    GATAS    CONTRATE O SITE   CONTATO
Carregando Carregando Carregando

Colunas

» Felipe S. Machado Junior
Felipe S. Machado Junior
Professor universitário de fotografia e design para graduação e pós-graduação. Coordenador do Curso de Design e do Curso de Pós-graduação em Design e gestão da Marca: Branding da Unochapecó. Consultor técnico sobre câmeras e equipamentos fotográficos, fanático por Photoshop.

felipestanque-blogger@yahoo.com.br

Skype: felipe.stanque
+ artigos de Fotografia

Maycon Tormen
Automotivo
Maycon Tormen
Leonardo Radin
Chapecoense
Leonardo Radin
Felipe Vendruscolo e Francini C. Martins
Dra. Grasiela Bonfanti
Estética e Saúde Bucal
Dra. Grasiela Bonfanti
Tatiane Alves
Fatos & Relatos
Tatiane Alves
Josi Vizzotto
Make Up
Josi Vizzotto
Douglas Foschiera
Música Sertaneja
Douglas Foschiera
Clic Notícias
Notícias
Clic Notícias
Ana Paula Bolis Bassani
Rock 'n' Roll Indie
Ana Paula Bolis Bassani
Pahola B. Cassol
Sustentabilidade no dia-a-dia
Pahola B. Cassol
Arthur Rogoski Gomes
Regiane Dalarosa
Tendências em Acessórios
Regiane Dalarosa

Conheça a utilidade do fotômetro da sua câmera SLR (12/03/2013)

Conheça a utilidade do fotômetro da sua câmera SLR
Este pequeno artigo é para você que investiu na aquisição de uma câmera digital SLR, mas que ainda está se familiarizando com os controles e recursos de um equipamento deste tipo. De forma muito resumida, eu gostaria de explicar os princípios de medição de luz com o sensor embutido na sua câmera, o fotômetro.
 
Este dispositivo de medição da luz ajuda o fotógrafo a encontrar a regulagem de exposição mais adequada para cada foto. Quando a câmera está no modo de ajustes totalmente manuais (modo M), o fotômetro nos ajudará a obter as melhores configurações de 
- tempo de exposição (velocidade do obturador) 
- abertura (do diafragma) e
- sensibilidade do sensor (ISO) 
a fim de que a foto saia com a luminosidade correta, nem muito escura, nem clara demais.
 
O fotômetro consegue avisar se está entrando na câmera uma quantidade de luz adequada, pouca ou demasiada. O funcionamento desse dispositivo parte da idéia que uma fotografia idealmente bem iluminada apresenta um equilíbrio entre a quantidade de tons claros e tons escuros. Ou seja, segundo esse princípio de imagem idealmente bem exposta, se mesclarmos todos os tons de uma fotografia o resultado seria, no geral, nem claro demais e nem escuro demais. Seria uma soma que apresentaria uma luminosidade intermediária entre o branco e o preto absoluto. Ou seja, a imagem ideal para o fotômetro terá uma luminosidade de 50%. É fácil entender se compararmos à soma de dois potes de tinta "guache", um branco e um preto: a cor resultante será um cinza médio.
 
Observemos na fotografia abaixo a explicação do que um fotômetro "enxerga". Se desfocarmos muito a imagem, perceberemos que a soma das luzes conduzirá ao tom médio. Na sua câmera, observe o gráfico que representa a distribuição e da freqüência dos tons da imagem, o histograma (softwares como o Picasa e o Adobe Photoshop mostrarão no histograma os "níveis" de uma imagem).
 
 
 
Conclusão: o fotômetro, por seu ajuste padrão de fábrica, considerará uma imagem com 50% de luminosidade como sendo uma foto bem exposta. Algumas superfícies nos fornecem uma luminosidade mediana muito similar com a luminosidade de um cinza 50%, as quais podem nos ajudar a fazer uma medição adequada de luz: se você apontar a câmera para uma parede de concreto sem reboco, para a palma da sua mão ou para a grama verde, preenchendo totalmente o quadro com essas figuras, você conseguirá regular a abertura, a velocidade e o ISO para aquela condição de luz, pois o cimento, a grama e a palma da mão têm uma luminosidade mediana. Fica a dica.
 
Ao observar uma foto no visor óptico da sua câmera SLR você poderá ver as indicações do fotômetro, as quais exemplifico abaixo. Geralmente são apresentadas pequenas barras ou traços com sinais de "+" e de "". Nas câmeras analógicas antigas, o fotômetro tinha um ponteiro móvel (algo muito similar ao mostrador do nível de combustível de um automóvel). Nos exemplos abaixo, o fotômetro indica superexposição, subesposição e exposição adequada, respectivamente.
 
 Foto superexposta.  Foto subesposta.  Exposição adequada: nem escura, nem clara demais.
 
E se limitarmos a área a ser considerada para a leitura do fotômetro, poderemos obter medições mais precisas para cada tipo de fotografia buscada. Para isso, as câmeras SLR têm basicamente três opções de área para medição da luz de uma cena:

- medição geral, também chamada "avaliativa" ou "matricial"
- medição com preponderância central 
- medição pontual

Seletor fotometria matricial geral central pontual
 
A medição pontual considera um pequeno ponto do quadro. A medição com prioridade no centro considera uma área maior, englobando o que se vê no centro da imagem e ignorando os cantos extremos. A medição dita como "avaliativa" ou "de matriz" avalia o quadro como um todo (esse tipo de medição é muito sofisticado nas últimas câmeras digitais, empregando muitos algoritmos para reconhecimento automático do tipo de cena e da sua condição de luz). No gráfico abaixo, produzido pela Pentax, é explicado como o software interno das câmeras Pentax K-7, K-5 e K-1 avaliam as condições de luz a partir que foi detectado pelo fotômetro.
 
Pentax metering explanation.
 
Bom, mas o que fazer diante da indicação do fotômetro? Você deverá verificar quais dos ajustes deverão ser modificados (tempo de exposição, abertura e ISO) até que o fotômetro indique uma exposição adequada. Todos os ajustes dependerão de quais fatores você deverá priorizar na exposição (velocidade, abertura, profundidade de campo, etc?).
 
De modo muito breve, aqui foi explicado o papel do fotômetro de uma câmera SLR.
MUITO IMPORTANTE: O FOTÔMETRO DA CÂMERA NÃO SERVIRÁ PARA FOTOS REGISTRADAS COM USO DE FLASH, MAS APENAS PARA FOTOS COM LUZ CONTÍNUA NATURAL OU ARTIFICIAL.
 
Em outro artigo falarei da compensação de exposição, a qual deverá usada para calibrar o fotômetro para cenas muito claras e cenas muito escuras, obtendo sempre medições confiáveis e excelentes fotos.
 
Abraço amigo! Boas fotos!
 
 
Felipe Stanque Machado Junior
Expert em tratamento de imagens digitais 
Professor de Fotografia e Design/Desenho industrial 

felipestanque-blogger@yahoo.com.br

©2013 Felipe Stanque Machado Junior

 


Postado em 12/03/2013 por Felipe S. Machado Junior
Clic-Chapeco.com.br - Todos os direitos reservados